FECHAR
Popup
 
 
 
Casamentos

O QUE É O MATRIMÔNIO?
É um sinal visível do amor invisível de Deus, manifestado no amor entre um homem e uma mulher que, diante do ministro da Igreja, se entregam mutuamente num compromisso de amor e fidelidade por toda a vida. O Sacramento do Matrimônio realiza-se mediante a promessa entre um homem e uma mulher, prestada diante de Deus e da Igreja, aceita e selada por Deus e concluída pela união corporal do casal.

O QUE É NECESSÁRIO PARA QUE ACONTEÇA O MATRIMÔNIO?
A um Matrimônio, enquanto Sacramento, pertencem necessariamente três elementos:
O consentimento livre. Que ninguém obrigue alguém a realizar este ato e que não haja impedimentos para o “sim” livre e verdadeiro. A Igreja espera que a união entre os noivos seja um verdadeiro sinal de amor.
A concordância com uma união para toda a vida, exatamente porque “o que Deus uniu o homem não separe” (Mt 19,6).
A abertura aos filhos. A exigência desta disponibilidade para a fecundidade significa que um casal cristão, no âmbito das suas possibilidades, está aberto aos filhos que Deus lhe quiser conceder; os casais que não conseguem ter filhos são chamados por Deus a tornarem-se ‘fecundos’ no amor de outra maneira.

QUEM SÃO OS MINISTROS DO MATRIMÔNIO?
No Sacramento do Matrimônio, os ministros são os próprios noivos.
O Sacerdote ou o diácono invoca a bênção de Deus para o casal, sendo, de resto, apenas uma testemunha qualificada de que o Matrimônio foi celebrado nas condições corretas e que as promessas foram prestadas completa e publicamente.

ORIENTAÇÕES PARA A CELEBRAÇÃO DO CASAMENTO NA PARÓQUIA DE LOURDES

1. Agendamento: Os noivos devem se dirigir pessoalmente à secretaria paroquial para agendar a data do casamento, com vários meses de antecedência. A data pretendida para o casamento será definida e agendada conforme a disponibilidade do calendário paroquial. Não é permitida reserva de datas.

2. Documentação: A documentação deve ser encaminhada na Secretaria Paroquial no mínimo dois meses antes e no máximo seis meses. Além da documentação obrigatória (batistérios e documentos de identidade) a Igreja reserva-se a exigir uma via da certidão de casamento civil ou comprovante do encaminhamento deste. Os noivos que optarem pela modalidade do “casamento religioso com efeito civil” devem encaminhar o pedido no cartório e apresentar na Paróquia o documento fornecido pelo cartório.

Batistérios: se o Batismo dos noivos ocorreu em uma igreja da Diocese de Caxias do Sul, deve-se providenciar o Batistério, solicitando-o na Cúria Diocesana – Rua Os Dezoito do Forte, 1771, 1º andar, em Caxias do Sul.
3. Encontro de Preparação para o Matrimônio: Os noivos deverão participar de um Encontro de Preparação para o Matrimônio (curso de noivos), oferecido pela Paróquia de Lourdes, ou qualquer Paróquia de Caxias do Sul, ou em outras cidades. Basta apresentar, em tempo hábil, o certificado de participação expedido pela Paróquia onde foi realizado o encontro.

4. Encontro com o pároco: Nos dias que antecedem a celebração do Sacramento do Matrimônio será agendado um encontro dos noivos com o Pároco ou com o Vigário Paroquial. Este encontro visa a preparação imediata de aspectos litúrgicos e canônicos da celebração do casamento.

5. Cerimonial e decoração: A Paróquia de Lourdes dispõe de uma equipe de cerimonial e decoração dos casamentos, para os noivos que desejarem esses serviços, visto que a decoração da igreja não é obrigatória para a realização da cerimônia litúrgica. Somente esta equipe poderá decorar a igreja, orientar e organizar o cerimonial. Não será permitida a atuação de cerimonialistas de empresas contratadas. As reuniões e ensaios devem ser agendados com antecedência na secretaria paroquial.

6. Pontualidade é sinal de respeito aos convidados e à equipe de serviço da Igreja. Não será tolerado atraso para a celebração. Cada casamento dispõe suficientemente de 45 minutos. É preciso respeitar com rigor este tempo para não prejudicar os casamentos seguintes.

7. Votos: O Ritual do Matrimônio prevê as palavras próprias do “Consentimento”. É por meio destas palavras que os noivos se unem para sempre. “Eu... te recebo... por minha esposa (por meu esposo). Prometo ser fiel, amar-te e respeitar-te, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença por todos os dias de nossa vida”. Portanto, para não diminuir a importância do Consentimento, não permitimos que os noivos façam “votos” utilizando outras palavras, símbolos ou gestos que não sejam as do ritual católico.

8. Músicas: Por tratar-se de uma celebração religiosa, a música e a letra das canções deverão estar de acordo com o sentido sagrado da celebração do Matrimônio Católico. Recomenda-se a escolha de músicas sacras ou clássicas. Não serão permitidas músicas inadequadas ao ambiente da Igreja e ao sentido da cerimônia litúrgica.

9. Fotografia e filmagem: Os fotógrafos deverão desempenhar seu trabalho da forma mais discreta e sóbria possível durante a celebração religiosa. Devem evitar ao máximo a circulação desnecessária no espaço do altar, bem como distrair os noivos, padrinhos e convidados. O centro da celebração são os ritos do Sacramento.

10. Padrinhos e madrinhas. Por motivo de logística e espaço é permitido no máximo 5 casais de padrinhos para cada lado.

11. Taxas: há uma contribuição para manutenção da igreja (energia elétrica, limpeza da igreja e do tapete, serviço de secretaria, etc.). Essa taxa é dividida em duas partes. A primeira deve ser paga no agendamento da data do casamento e a segunda na semana da cerimônia. Em caso de desistência do casamento, a paróquia deve ser comunicada até cinco meses, após esse prazo não haverá devolução de valores.

Mais informações na Secretaria Paroquial ou pelo telefone 54 3222.1636 / e-mail: pnslourdes@diocesedecaxias.org.br