Mês missionário: “A vida é missão”

No Brasil, o mês missionário é celebrado em outubro desde 1972. Este ano o tema “A vida é missão” e o lema “Eis-me aqui, envia-me” (Is 6,8), destaca o convite que todo cristão recebe para defender e cuidar da vida em todas as suas dimensões.
O tema escolhido oferece a todos nós um norte inspirador para os momentos de fragilidade, isolamento, dor e instabilidade. A pandemia que perdura em nosso país nos interpela a um novo normal missionário, marcado pelo testemunho de vida que não se reduz a atividades, mas nos interpela ao que é essencial à vida.
Na mensagem do papa Francisco para o Dia Mundial das Missões, em 18 de outubro, o pontífice nos convida a interpretar o que Deus está nos dizendo em tempos de isolamento social: “A impossibilidade de nos reunirmos como Igreja para celebrar a Eucaristia nos fez compartilhar a condição de muitas comunidades cristãs que não podem celebrar a missa todos os domingos.
Nesse contexto, nos é dirigida novamente a pergunta de Deus: ‘Quem enviarei?’ - e aguarda, de nós, uma resposta generosa e convicta: ‘Eis-me aqui, envia-me’. Deus continua a procurar a quem enviar ao mundo e aos povos para testemunhar seu amor, sua salvação do pecado e da morte, sua libertação do mal (cf. Mt 9,35-38; Lc 10,1-11)”. 
Fonte: pom.org.br

Esta é a guirlanda da Campanha de Natal, um sinal de solidariedade e partilha da Igreja do RS. Pode ser adquirida na igreja e na secretaria paroquial de Lourdes (R$ 5,00). Além da guirlanda há o livro com o lema Reconstruir a Esperança (R$ 2,00), que traz a proposta de quatro encontros preparativos para o Advento, além da Celebração Penitencial e a Bênção do Dia de Natal. O material este ano será também fonte de recursos para contemplar as coletas previstas para 2020.


 
Indique a um amigo
 
 
Notícias relacionadas